BTWIN Rockrider – Uma saída alternativa e de qualidade

Você está pensando em comprar uma bike para começar a prática do esporte ou apenas por hobby? Não sabe qual marca ou modelo comprar? Quer algo que destoe das mais conhecidas de entrada: CALOI, GALLO, Vzan, GT e RENAULT? Confira essa ReZenha sobre esta marca francesa B’TWIN e o seu modelo de Mountain Bike da linha Rockrider.

A B’TWIN possui diversas linhas de Bicicletas (Ou Bikes como preferir) – Mountain Bikes, Bicicletas Speed, Bicicletas Compactas e até umas que são dobráveis, as Hoptowns (muito interessante inclusive, para quem mora em capitais onde as ruas sejam predominantes o plano e para evitar congestionamentos característicos de cidades grandes).

O autor deste post possui uma Rockrider 5.1, modelo Mountain Bike da B’TWIN. Infelizmente este modelo não está mais à venda pois a B’TWIN trabalha com linhas de montagem por coleção, ou seja após 1 ano e meio da aquisição da minha Bike, fui visitar o site onde é revendido no Brasil (http://www.decathlon.com.br) ou nas lojas físicas da própria Decathlon, e já está na 8.1. Mas aí você me pergunta – “Como faço para repor as peças da minha se quebrar depois de um tempo?” – Pois bem, venho acompanhando os lançamentos deles a tempos, e a cada ano que lançam um modelo novo da mesma linha (Exemplo: Rockrider 5.1 para 0 8.1), o design e layout da Bike é modificado a cada versão, entretanto sua estrutura de componentes  (câmbio, freios e amortecedores) sempre mantêm o mesmo fornecedor e qualidade do componente (Um trocador de marchas por exemplo pode ser SHIMANO, mas existem pelo menos 3 linhas de qualidade da SHIMANO) ou seja independente da versão lançada, peças de reposição sempre vão ter, o que muda na verdade são algumas nomenclaturas.

BTWIN Rockrider 5.1

BTWIN Rockrider 5.1

BTWIN Rockrider 5.1

BTWIN Rockrider 5.1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Garantia

A característica que mais chama a atenção é a garantia do quadro, é VITALÍCIA. A Bike é um pouco mais cara comparada com as suas principais concorrentes, mas quando uma empresa te entrega garantias com longos prazos ou VITALÍCIO como no caso, é porque a empresa acredita e te dá confiança no produto vendido.

Tenho ela há 1 ano e meio, e a qualidade é impecável, resistente (Trilhas , Cidade, Mudanças Climáticas) e tem um design que por onde passa, todos perguntam onde foi comprada.

Quadro

A matéria prima Alumínio do quadro é um ponto muito positivo ao produto, porque é montado com Alumínio 7005. Existem controvérsias e discussões entre os tipos de alumínio 7005 e 6061 (Maioria utiliza), mas em testes realizados, para o 6061 ser melhor e mais fluente que o 7005, os quadros precisariam ter exatamente o mesmo peso. E isso eu vejo como um ponto positivo da B’TWIN, porque as pedaladas são muito fluídas e em muitas vezes em subidas que teoricamente forçariam o máximo do ciclista e da Bike, quase não é sentido o esforço. Sendo que já utilizei outras Bikes com quadro feito com 6061 e numa melhor forma física e senti muito mais esforço do que com a atual.

UPDATE: Rockrider 8.1 possui quadro com Alumínio 6061. Dei sorte…

Componentes

Todos são Shimano Deore. Não precisa nem de comentários. Única ressalva é que quando mudo pro nível 3, não consigo utilizar a marcha 1, e no nível 1 não consigo utilizar a marcha 6. Mas isso é questão de regulagem, como dei uma pausada em longas viagens de Bike não fui atrás e na época quando comprei eu mesmo fiz a regulagem sem “manjar” muito. Mas isso não compromete em nada a qualidade do produto.

Pòs Vendas

Logo na primeira semana da aquisição o Pós Vendas foi testado. Mesmo sendo culpa minha, uma vez que pedalando com a bike eu consegui o feito de trombar em um caminhão parado, o acabamento do trocador do lado direito trincou (Não quebrou). Eu estava ficando incomodado vendo aquilo e muito puto com a forma que fiz aconteceu o trinco. Entrei em contato com a loja e acreditem, me enviaram um jogo novo de trocador do lado direito, igualzinho, para realizar a troca e uma garrafinha de brinde.

Então é isso pessoal, não sou um Expert no assunto, e como o nome do Blog sugere, uma ReZenha é uma opinião sobre algo testado, usado e neste caso aprovado pelo autor. Se quiser fugir da “mesmisse” sem perder qualidade (Ou ganhar no caso) adentrando a este esporte tão legal que é o pedal (Ou até por necessidade, vide o preço da Gasolina e Etanol hoje), experimente uma B’TWIN. Nas lojas físicas da Decathlon você pode andar e testar as bikes que você gostou. Vale a pena pelo menos conferir!

UPDATE 22/02/2016 – Mudei de Bike, cometi um erro em não ter realizado um Bike Fit corretamente, e o quadro era muito pequeno pra mim, troquei pela MOSSO Odyssey 29ER 19

 

 

Anúncios

9 comentários sobre “BTWIN Rockrider – Uma saída alternativa e de qualidade

  1. Pingback: Bicicleta Urbana BTWIN ELOPS 300 | Rezenhando

  2. Pingback: MOSSO Odyssey 29ER | Rezenhando

  3. Obrigado pelo excelente porst, estou pensando em cmprar essa bike e foi de MUITA ajuda, somente uma ressalva: ” Única ressalva é que quando mudo pro nível 3, não consigo utilizar a marcha 1, e no nível 1 não consigo utilizar a marcha 6.” Isso porque se voce fizer isso muitas vexes voce pode danificar o cambio traseiro e isso noa è recomendado. uma vez mas obrigado! Abcs

    Curtido por 1 pessoa

  4. Shimano Deore na RockRider 5.1….. em nenhum País deste planeta….

    A 5.1 foi substituida pela Rockrider 340 (que é exactamente igual, só mudou a numenclatura), é uma bicicleta de entrada de gama (low end), tem um péssimo garfo/suspensão, é equipada com shimano sim, mas com manípulos Rapidfire 3×7, câmbio Shimano TZ, roda livre 7 velocidades, V-brake de aluminio marca branca……

    Deore só existe em 9v no mínimo, e o preço da bicicleta iria aumentar muito, a 8.1 nem se pode comparar a 5.1, visto que a 8.1 é uma bicicleta de media gama, custa quase 4 vezes mais.

    Quanto ao tipo de aluminio, o 7005 é superior em qualidade quando comparado com o 6061… o único defeito é ser mais “rigido” e não filtrar tão bem as irregularidades do piso, mas é mais resistente.

    Muitas marcas (como a BTwin por exemplo), utilizam o alumínio 6061, por este ser mais barato, assim reduzindo o preço da bicicleta…

    Curtido por 1 pessoa

    • Deve ter havido alguma controvérsia na época. Pois o modelo vendido no Brasil vinha com Quadro 7005 e Componentes Shimano Deore. É como citei na reZenha, há uma diferença entre 5.1 e 8.1. E a 5.1 aqui não era tão barata assim… Mas o garfo dela é horrível mesmo, ainda não consegui encontrar cartuchos para aumentar a altura do guidão. As suspensões não tenho o que reclamar ainda.

      Obrigado pelo comentário.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s