A Crise dos 20 e Poucos Anos

Crise dos 20 e poucos anos

Assim como uma Epifânia, você começa a notar que seu círculo de amigos é menor do que há alguns anos. Dá-se conta de que é cada vez mais difícil vê-los e organizar horários por diferentes questões: trabalho, estudo, relacionamentos, etc. E cada vez desfruta mais dessa “Cervejinha”(Dentre outros) que serve como desculpa para conversar um pouco e mesmo que por um intervalo de tempo deixá-lo feliz, afastando-o dos problemas rotineiros. As multidões já não são ‘tão divertidas’, às vezes até lhe incomodam. Se identificou?

Algumas pessoas eram verdadeiros amigos, outros não eram tão especiais depois de tudo, ou de algum tempo. Você começa a perceber que algumas pessoas são egoístas e que, talvez, esses amigos que você acreditava serem próximos não são exatamente as melhores pessoas. Ri com mais vontade, mas chora com menos lágrimas e mais dor. Partem seu coração e você se pergunta como essa pessoa que amou tanto e te achou o maior infantil, pôde lhe fazer tanto mal. Parece que todos que você conhece já estão namorando há anos e alguns começam a se casar, e isso assusta! O que vou fazer meu deus? Se nem me estabilizar profissionalmente consegui ainda.

Sair três vezes por final de semana lhe deixa esgotado e significa muito dinheiro para seu pequeno salário. Olha para o seu trabalho e, talvez, não esteja nem perto do que pensava que estaria fazendo. Ou, talvez, esteja procurando algum trabalho e pensa que tem que começar de baixo e isso lhe dá um pouco de medo.

Dia a dia, você trata de começar a se entender, sobre o que quer e o que não quer. Suas opiniões se tornam mais fortes e as defende mesmo que inconscientemente irracionalmente. Vê o que os outros estão fazendo e se encontra julgando um pouco mais do que o normal, porque, de repente, você tem certos laços em sua vida e adiciona coisas a sua lista do que é aceitável e do que não é. Às vezes, você se sente genial e invencível, outras… Apenas com medo e confuso.

Crise dos 20 e poucos anos

De repente, você trata de se obstinar ao passado, mas se dá conta de que o passado se distancia mais e que não há outra opção a não ser continuar avançando. Você se preocupa com o futuro, empréstimos, dinheiro… E com construir uma vida para você. E enquanto ganhar a carreira seria grandioso, você não queria estar competindo nela.

O que, talvez, você não se dê conta, é que todos que estamos lendo esse texto nos identificamos com ele. Todos nós que temos ‘vinte e tantos’ e gostaríamos de voltar aos 15-16 algumas vezes, até antes. Parece ser um lugar instável, um caminho de passagem, uma bagunça na cabeça…

Mas TODOS dizem que é a melhor época de nossas vidas e não temos que deixar de aproveitá-la por causa dos nossos medos… Dizem que esses tempos são o cimento do nosso futuro. Parece que foi ontem que tínhamos 16…

Outrora vi uma citação que enquanto somos jovens, olhamos através de um telescópio com uma lente gigantesca para a frente, para o futuro, onde tudo parece estar tão próximo, palpável. Entretanto quando atravessamos a meia idade (50 anos), automaticamente invertemos o telescópio e começamos a olhar para trás e vemos nosso passado muito distante quase que minúsculo pelo outro lado da lente, e isso nos corrói por dentro, principalmente se nesse período dos “vinte e poucos” anos abrimos mão de fazer aquilo que tínhamos vontade. Afinal se arrepender daquilo que o fizemos não deve ser pior que o vácuo em nosso coração, aquela sensação do que teria acontecido se tivéssemos o feito?

Então, amanhã teremos 30?!?! Assim tão rápido?!?”

Você se sente assim? Comente e vamos compartilhar nossos sentimentos.

Anúncios

12 comentários sobre “A Crise dos 20 e Poucos Anos

  1. “Parece que todos que você conhece já estão namorando há anos e alguns começam a se casar, e isso assusta! O que vou fazer meu deus? Se nem me estabilizar profissionalmente consegui ainda.” Às vezes (todo dia?) me pego matutando essas ideias. Acho que as comparações são inevitáveis, mas o futuro também. É como você disse, precisamos dar um jeito de fazer o que a gente quer, mesmo que nosso trabalho não preencha esse requisito. Hobbies, pessoas, tudo.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: Músicas para ouvir deprimido | Rezenhando

  3. ultimamente estou me sentindo assim , irei fazer aniversário mais não estou feliz porque estou ficando mais velha e minhas realizações pessoas não se concretizam sei que estou no caminho certo sinto isso mais tenho medo das coisas não se realizarem a tempo de e chegar aos 30 . estou ficando séria intolerável não estou me reconhecendo . sinto que uma nova pessoa , personalidade quer surgi mais tenho medo pois sinto que se eu seguir meu coração irei me tornar uma pessoa fria . antes minha prioridades era qual roupa iria sair com as amigas , qual batom usar hj minhas preocupações é contas como vou me sustentar . e outra eu só quero saber de trabalhar trabalhar e trabalhar parece que nada que eu consigar será o suficiente para me sustentar mais tare !
    desabafei…. rs

    Curtido por 1 pessoa

    • Que desabafo hein Aline. Mas até ano passado estava passando por vários transtornos, estou me recuperando, só melhorei quando, depois de 2 anos me convocaram no concurso que havia prestado e passado em PRIMEIRO. Isso estava me martirizando onde eu trabalhava, infeliz, chato, pensando as mesmas coisas sabia? Ao mudar de ares neste ano minha vida tem melhorado, consegui misteriosamente financiar uma casa e está encaminhada algumas coisas. Tenho melhorado. Só por curiosidade sei que ão devemos perguntar isso às mulheres, mas quantos anos você tem?

      Curtir

      • Difícil essa passagem de nossas vidas, estou com 27 anos ainda me sinto com 16, medo do futuro medo do que está por vir, medo de não conseguir muitas coisas, também estou passando por uma fase complicada no trabalho as vezes penso que não vou suportar tenho vontade de jogar tudo pro ar, mais e ai me pergunto e depois o que eu vou fazer?

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s