Rezenha Crítica Esquadrão Suicida 2016

Esquadrao Suicida Wallpaper

Depois de um ano e meio evitando ao máximo ver o filme ser passado na íntegra pelos trailers mensais que a Warner vinha soltando ou nas diárias  e incessantes notícias sobre o que Jared Leto fez e não fez nos bastidores, finalmente o filme lançou. E contrariando até a minha lógica, fui na pré estreia, tacando o foda-se no meio do fervo. Confira a reZenha crítica de Esquadrão Suicida.

Não sei nem por onde começar, mas a teoria segue resultando na prática, filmes com muito marketing e com elenco  grandioso e bem cotado nem sempre é certeza que a obra terá um final feliz, não no filme e contexto em si, mas referindo-se a qualidade do mesmo.

Vamos primeiro separar o joio do trigo, e comentar talvez o único ponto positivo, a trilha sonora. Escolheram as músicas a dedo, na verdade alguém que curte o bom e velho rock n’ roll já imaginava a bomba que viria (ainda mais depois de regravarem e adicionar algumas cenas pós produção) e selecionou algumas músicas icônicas do rock até como alívio qualitativo para a obra, mas ainda sim, apesar de músicas como Paranoid do Black Sabbath, Bohemian Rhapsody do Queen e Fortunate Son do Creedence Clearwater Revival tentarem empolgar em vão, me pareceu algo muito forçado, imposto de forma nada natural, assim como o restante do filme que vamos dissertar, tudo muito caricato, até demais para algo que tenha saído das HQ’s.

Os dois personagens mais aguardados, Coringa e Arlequina que eram a grande esperança foram superados pelo mais bizarro e inesperado dos personagens, El Diablo, com uma carga de drama sobrenatural  e um desfecho do personagem muito triste, que sem conhecer a HQ, este sim pelo seu passado contado, merecia um longa, já que a DC adora estes dramas familiares.

A atuação de Jared Leto soou tão falsa, tão falsa e forçada, que sequer teve a capacidade de criar uma risada única e simbólica para o personagem que exige tal dedicação, preferiu copiar a sua risada do filme Mr. Nobody onde interpretava o já centenário Sr. Nemo Nobody, no contexto deste filme havia ficado icônica, já no Esquadrão Suicida, um lixo. E quem me conhece sabe, acompanho ele desde Requiem para um Sonho, ganhou o seu Oscar merecidamente com Clube de Compras Dallas, mas a maldição do Oscar encorporou-o, e o transformou em uma sombra do que já foi. Ainda mais como já adiantei na introdução, das dezenas de notícias assustadoras que para mim eram  mais duvidosas que assustadoras sobre as peripécias de Jared Leto nos bastidores. O medo da comparação com Cesar Romero, Jack Nicholson e Heathe Ledger pesou. Na verdade uma pessoa com cara de mocinha como ele jamais deveria ter sido cotado para viver o Coringa, pronto, falei. O cara tem que ser porra louca naturalmente.

Margot Robbie como Arlequina conquistou os seus méritos no início, mas seu personagem foi inexplicavelmente perdendo a essência e importância com o desenvolvimento da história (Se é que teve alguma), do meio para frente estava deslocada na história e nem tão temida , apenas continuou sexy (Isso sim!).

Will Smith como pistoleiro me fez lembrar as aventuras de James West, ele evoluiu muito o personagem no filme até onde conseguiu, de seus últimos filmes, foi o melhorzinho, mas ele esbarrou no grande problema do filme, o coito interrompido. Quando você achava que ele ia sentar a porrada em meio mundo e principalmente no Rick Flag, simplesmente há cortes inexplicáveis, desculpem o spoiler, mas a cena em que ele descobre que Rick Flag não entregava as cartas que sua filha enviava todos os dias a ele e mais a promessa que ia arrebentar Ricj Flag por ter ameaçado ele no começo do filme, você acha que com este acúmulo de situações ele vai arrebentar a cara de Flag, mas do nada, ele pega na mãozinha e decide lutar junto em prol da sociedade, que bizarro e vergonhoso.

Sobre a obra em um todo, acabou sendo engolida pelo próprio elenco e a expectativa que Warner e DC  criaram em cima da produção, onde a HQ até ano passado ninguém sabia de sua existência, e que produziram o longa muito por conta do sucesso da Marvel com o seu Guardiões da Galáxia. É sabido que todo filme de super herói não tem a  obrigação de ter vilões icônicos, desde que o filme seja bom pode possuir algum vilão genérico, mas tão genéricos e bostas como os do Esquadrão Suicida também não precisava, nem vale gastar caracteres com eles.

Acho que a única lembrança que vou ter deste dia 3 de agosto de 2016 não será com a pré estreia de Esquadrão Suicida e sim com o lançamento de Pokemon GO no Brasil. Enquanto a DC continuar esta parceria com a Warner estará fadada ao fracasso. Espero que aprendam algo com o exemplo de Deadpool, algo despretensioso e que deu certo ou a “inspiração” de Esquadrão Suicida, os Guardiões da Galaxia. E pelo amor, Ben Aflleck de Batman é demais para mim, se visse um Batman com a cara dele ia dar risada, na moral, medo e preocupação não fariam parte dos meus dias. E antes que achem que sou algum Fan Boy, tirem vosso cavalo da chuva, sou livre dessa guerra.

Minha nota é 2/5.

E você o que achou do filme? Conte-nos para saber sua experiência. O seu comentário é a alma do Blog.

Anúncios

3 comentários sobre “Rezenha Crítica Esquadrão Suicida 2016

  1. Pingback: Rezenha Crítica Logan 2017 | Rezenhando

  2. Gostei bastante do filme, e adorei Jared como coringa, ele fez o que pode, nos 5 minutos de cena. Acho que esse filme só prova que com o roteiro cagado e intrusão do estúdio nem ganhador do oscar se salva. 😦

    Curtido por 1 pessoa

    • Isso é, fiz a crítica antes de ler algumas coisas que brotaram uma semana depois, inclusive sobre as mais de 20 CENAS DELETADAS e que sairão no Blu Ray. A Warner está de sacanagem, tenho uma teoria que os filmes da DC vão vingar quando outra empresa tomar o lugar da Warner. E sobre o Jared sou fã dele, mas caparam o Coringa dele, ficou sem nexo nenhum no filme.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s