Tudo que é proibida é mais gostosa

Há algum tempo estava ensaiando para bebericar esta iguaria e saber se o slogan fazia jus ao nome. Na verdade procurei pelos 4 cantos da cidade a versão Puro Malte, entretanto sem sucesso. Neste domingo estava em um aleatório churrasco de pré comemoração do Dia dos Pais, eis que surgem algumas latas vermelhas da versão “pilsen”. Não perdi tempo, resolvi experimentar.

Sabemos que não é 100% uma cerveja Puro Malte esta versão “Pilsen”, mas logo de cara quando abrimos a latinha, é perceptível sentir um aroma característico das Pilsen Tchecas, ou, Plzeň. Te deixa louco para dar uma golada na cerveja, diferente de qualquer outra pop nacional, diga-se Brahmas, Skols, Antarctica da vida.

Possui 4,7% de teor alcoólico (A Puro Malte possui 5,1%), mas o aroma te engana, aparentando ser mais forte.

Sua coloração é dourada, com um creme branco e bastante denso. Seu aroma é de fermento e em segundo plano um toque de lúpulo em equilíbrio.

Para harmonização com esta deliciosa cerveja é aconselhável um prato de azeitonas, salaminho, o famoso combo presunto com mussarela ou salsicha crua.

Pessoal estou pensando em dar continuidade nos vídeos do meu canal, mesmo com o tempo sendo cada vez menor. Abaixo segue um vídeo do meu último post sobre cervejas, no caso falei sobre a Wells Bombardier. Espero que gostem e opinem.

Obrigado a quem chegou ao fim de mais um post, caso tenha degustado-a, compartilhe sua experiência com um comentário.

Latinha Cerveja Proibida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s