Rezenha Crítica Swearnet 2014

Quem disse que filmes ruins também não pintam por aqui? Na verdade não é tão ruim, mas pra quem ama a série Trailer Park Boys e seus icônicos personagens, deparar-se com a qualidade desta série e a descaracterização dos atores pode ficar chocado. Achei interessante fazer uma rezenha crítica do filme Swearnet.

Se formos traduzir Swear, quer dizer Palavrão, e o filme foca na discussão sobre programas que tem como foco palavrões, drogas e putaria não terem mais o seu devido espaço na TV como na década de 90.

Os Trailer Park Boys estão tentando um novo projeto para desvincilhar-se de seus personagens e tentam engatar um novo projeto, entretanto não é aceito pelas emissoras.

É muito estranho vê-los descaracterizados, principalmente porque os papéis se invertem entre Ricky (Robb Wells) e Bolhas (Mike Smith).  O começo do filme é muito tosco até para os fãs da série. Sem graça ao extremo e tudo muito artificial. Mike Smith tem a ideia de criar um canal, e que acaba dando certo, porém o vício de sempre estar em evidência traz consequências aos rapazes, como perder a namorada ou endividar-se com um agiota bem doido.

A partir da primeira meia hora o filme vai tomando forma, possui muitas cenas que tiram algum riso como com o Randy (Pat Roach) sendo Swearman chapado e com o Don (Leigh) dando LSD sem querer para Robb. John Paul acaba tomando também e os caras tem uma das cenas mais loucas que já vi em filmes, bem estilo Medo e Delírio em Las Vegas.

O que me convenceu  dar uma nota maior foi a aparição de Sebastian bach, que deve ser muito fã dos caras, e quando ele aparece é muito engraçado, e a trilha sonora por conta de Guns N’ Roses com Welcome to the Jungle e Paradise City (Axl é muito fã da série, e provo com uma foto logo abaixo).

O filme tem um início e fim horrorosos indignos dos caras e com um desenvolvimento legal, mas que remete muito à série, mesmo eles querendo desvincilhar-se dela. Talvez esta seja a mensagem, que qualquer coisa que eles tentem fora deste padrão Swear será um fracasso, e justamente quando tacam o foda-se e voltam a fazer merdas com muito palavrão e putaria que o filme tem sua graça.

Swearnet foi o filme que a palavra Fuck apareceu mais vezes, bateram o recorde.

Minha nota é 2/5.

E você o que achou do filme? Conte-nos para saber sua experiência. O seu comentário é a alma do Blog.

Siga-nos no WordPress – https://rezenhando.wordpress.com/

Siga-nos no Twitter – https://twitter.com/Birovisky

Curta no Facebook – https://www.facebook.com/rezenhandoaculturapopaz/

Inscreva-se no Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCCfmjZm3KuEE-XsNhfBnqvQ

Anúncios

2 comentários sobre “Rezenha Crítica Swearnet 2014

  1. Deu pra dar umas risadas, porém não acho nem que eles querem passar imagem de que fora do Swear eles não tem muito desenvolvimento, e sim fora do Trailer Park Boys eles não deslancham. Você jamais vai olhar para J.P Tremblay e imaginar ele sendo um carpinteiro em um filme qualquer, ele sempre será Julian. Robb Wells sempre será Rick, Mike Smith sem óculos de Bubbles, será um cara meio doido que você o acha estranho. Pelo menos eles se ligaram e o foco número 1 é Trailer Park Boys até os dias atuais. E algo interessante que eles usam sempre carros em seus filmes ou episódios da série.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s