Fui ao céu e voltei. O Coxilha dos Pampas é o paraíso na Terra

Se você é vegano ou um entusiasta do movimento, já pode parar por aqui, lá definitivamente não é o seu lugar (muito menos este post!), porquê ao contrário de mim, você achará que está no inferno. Agora aos que gostam de comer um bom churrasco saibam que o Coxilha dos Pampas honra aquela tradição gaúcha tchê! Mas báh? Se você nunca foi e tem curiosidade de saber como é o esquema lá confira este post. Não veja com fome!

Como chegar

Para você que não mora em Ribeirão Preto, para chegar até o Coxilha não tem muito segredo, o endereço é Avenida Presidente Castelo Branco, 1870  no bairro Nova Ribeirânia, muito próximo ao Novo Shopping. Só configurar este endereço no seu Waze ou no GPS e VOALÁ!

Qual é a boa?

Além do tradicional e diversificado rodízio das carnes nobres e das exóticas, o Coxilha conta com outros ambientes: O de frios, comidas quentes, saladas e comida japonesa. E não sei nem por onde começar a falar sobre as opções de cada, tamanha diversidade, existiam coisas que nunca tinha visto e sequer ouvido falar, e por sinal muito gostosas, de você mastigar de olhos fechados curtindo o momento.

Saca só a pista de frios do local!

Valores

Sobre valores, há uma suave diferença entre ir almoçar e jantar. O almoço fica R$79,90 por pessoa, entretanto o jantar é mais barato, R$65,90 por pessoa e o casal um total de R$109,90 (R$54,90 cada, ou seja, mesmo que não namore ou seja casado, vá acompanhado ksksksksks). Ah! Se você fizer aniversário não paga nada, desde que leve algum acompanhante.

Poxa Felipe mas você está falando de um valor altamente absurdo, fora da realidade, tá doido que é barato!? Gente vai por mim, na moral mesmo?  Vá e comprove, a carne mais “pobre” servida lá é o contra filé. Vamos supor que vá acompanhado e pague os seus R$54,90, você tem acesso a muita comida, desde as mais convencionais até as mais gourmetizadas. Qualquer churrascaria de pista cobra quase R$30,00 o rodízio, incluindo um self service bem limitado. Ali é o mesmo esquema só que incluso comida japonesa, só aí você sente a pegada, um rodízio de comida japonesa não sai por menos de R$40,00. Tire suas próprias conclusões, uma dica que eu dou é… VÁ COM FOME, MUITA FOME!

Concurso Miss Costela, elas ficam desfilando assim na vitrine da entrada!

Minhas impressões e dicas

Lá é o seguinte, você chegou já oferecem um drink muito bonito e atrativo por sinal, cuidado, depois virá na sua conta ksksksk, não aceite, a não ser que queira mesmo tomá-lo. Porquê a impressão quando você senta à mesa é ser uma espécie de “cortesia”.

Não tem comanda, é tudo computado através do número da mesa.

Eles irão te explicar isso, mas já adiantando, em cada mesa eles deixam uma espécie de medalha ou sinalizador, que de um lado é vermelho e de outro verde. Quando está vermelho os garçons param de passar na sua mesa, se está verde… bom, é melhor se preparar, não ouse respirar porquê os caras não darão descanso para sua comilança, a cada 30 segundos tem um cara te oferecendo as danadas.

Olha as costelas sendo servidas, você fisga o pedaço que quiser!

Ficou desfocada, mas pensa numa costela que derretia?

De tudo que eu comi lá, o que tornou-se inesquecível foram:

A picanha no alho (Rapaz!), picanha suína, as carnes de avestruz e carneiro são perfeitas. Inclusive a de carneiro veio com a opção de adicionar molho de hortelã, que deixava um gosto sensacional na carne. O filé mignon estava impecável, quando passaram oferecendo ele na manteiga ou catupiry foi a perdição dos infernos… ai ai ai…

Gente não é filtro, elas são assim mesmo, suculentas!

Me arrependi de não ter comido uma carne que passou, vinha besuntada na geleia de pimenta, os pais da minha namorada pegaram, e falaram que foi a mais gostosa da noite, aparentava ser, mas como meu prato já estava lotado no momento, não peguei e depois não passaram mais.

Picanha!

As linguiças de lá são fodas, das mais simples até as cuiabanas, aquilo é covardia, só de lembrar dá fome.

A linguiça cuiabana é servida exatamente deste jeito, tão suculenta quanto a foto!

Alguns garçons passam com um carrinho cortando umas peças de costelas que dão água na boca e derretem ao garfá-las, só de lembrar mamamia! São peças que ao chegar no local, estão sendo assadas por aproximadamente 12 horas no estilo fogo de chão bem na fachada em uma vitrine, e consequentemente ficam em exposição bem na frente do lugar, meio que é um “sejam bem vindos” em grande estilo!

E os peixes? Em nossa mesa passou um salmãozinho grelhado que você podia escolher se queria ele do jeito que estava ou com algum molho opcional, no caso pedi com maracujá, mas eu estava com o rabo cheio já, não curti muito. Tinha pintado e tilápia também sendo servido. E ia me esquecendo, quando virem com os sashimis e carpaccios, aceitem, aceitem, aceitem! ksksks

Fora as carnes, ainda tem as ilhas de comidas variadas. A área de saladas e frios é de cair o queixo, uma infinidade de queijos que a maioria, eu pelo menos, nunca tinha ouvido falar. A ilha de comida japonesa para quem curte também não fica pra trás muitas opções, eu que gosto foi um prato cheio (o que será que não gosto né?).

O cardápio possui uma inidade de cervejas e cachaças artesanais, inclusive o famoso chopp Pinguim.

Chopp Pinguim!

Existe uma sobremesa lá chamada creme de papaya que é a especialidade da casa, muito boa também vale a pena conferir.

Quindin!

Olha o creme de Papaya aí! Divindade!

Foi uma experiência gastronômica fora do comum, eu como amante do churrasco me senti no Éden. Desde a qualidade das carnes (Não é Friboi ksksksks) até ao atendimento VIP de todos os funcionários, você sente-se muito importante lá, e quando você sai já fica com saudades. Acreditem se quiser, ao chegar no local, fica um manobrista aguardando para levar seu carro ao melhor ponto de estacionamento, tudo isso cortesia da casa. Muito dez!

Comemorando aniversário da mulher da minha vida! ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Não é um local que eu iria todo fim de semana, duas ou três vezes por ano dá para ir tranquilamente. Eu ainda vou voltar este ano lá, porquê só de escrever este post as lombrigas quase saltaram pela garganta!

Obs: As fotos que aparentam estar de dia eu retirei do site oficial deles, pois como nos concentramos em comer nem ficamos perdendo tempo com muitas fotografias!

Confiram outras rezenhas gastrônomicas!

Siga-nos no WordPress – https://rezenhando.wordpress.com/
Siga-nos no Twitter – https://twitter.com/Birovisky
Curta no Facebook – https://www.facebook.com/rezenhandoaculturapopaz/
Inscreva-se no Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCCfmjZm3KuEE-XsNhfBnqvQ

Essa picanha só quem comeu sabe do que estou falando!

Anúncios

7 comentários sobre “Fui ao céu e voltei. O Coxilha dos Pampas é o paraíso na Terra

  1. Rapaz do céu, eu acabei de almoçar e minhas lombrigas já estão brincando de sapateado no meu estômago. Excelente reZenha!Muito bem relatada sobre cada detalhe do local. Só de ter manobrista que te estaciona o carro eu já daria nota 10! kkkk Daí você entra e se depara com aquele salão de jantar à moda Titanic de tanto luxo, e aquelas picanhas que te dizem “me coma, me coma”, meus olhinhos brilharam!
    Até aí tudo ja estaria perfeito, mas daí os danadões colocam duas super pistas de comida japonesa (que você sabe que sou japalovers), e aqueles queijos diferentões? Omg! Xonei e voltaria lá amanhã mesmo se meu orçamento permitisse. Excelente comida, excelente atendimento, excelente local! NOTA1.000

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s