Rezenha Crítica True Detective 2014

Com as notícias sobre a confirmação do elenco para a terceira temporada de True Detective e com a provável volta do detetive Rust Cohle (Méteu Macaunei) resolvi reassisti-la. Acho que esta degustação tem sido ainda melhor de quando assisti pela primeira vez, cada detalhe podendo ser apreciado por estes olhos que a terra há de comer. Confiram esta detalhada e esmiuçada “rezenha” crítica da primeira temporada de True Detective, uma das melhores séries já criadas de todos os tempos, onde somos mergulhados aos sentimentos mais amedrontadores da sociedade moderna e que ainda sim quase todos estão chafurdados nelas, a Melancolia e Desilusão…

Continuar lendo

Anúncios

Rezenha Crítica Transformers 5: O Último Cavaleiro

E lá vamos nós, PUTA QUE O PARIU… para o quinto Transformers, franquia que me acompanha desde a adolescência. Me arrependo de não ter visto o primeiro nos cinemas. Independente da qualidade de todos os filmes até aqui, uma coisa é certa, Transformers merece ser visto no cinema e desde então é o que faço, foda-se a crítica (inclusive a minha ksksksks), nestas horas cagamos e andamos para a lógica e bom senso e vamos nos divertir. Confiram a “rezenha” crítica de Transformers 5: O Último Cavaleiro.

Continuar lendo

Pra quê Photoshop quando se tem o Pixlr

Duro que estas ferramentas aparecem quando a gente mais precisa não é? Foi o que aconteceu comigo neste mês enquanto meu computador estava com um pau muito maluco que ficava desinstalando os programas, principalmente o Photoshop que uso constantemente. Eis que neste meio do caminho e urgência e editar algumas imagens me veio a brilhante ideia de procurar uma versão Desktop do Pixlr, editor fantástico para celulares e não é que encontrei? Muito fácil de utilizar!

Continuar lendo

Rezenha Crítica Marcas da Violência 2005 de Cronenberg

Depois de um longo tempo sem assistir nada de um dos meus diretores favoritos eis que aqui estou novamente deleitando-se sobre as teclas do computador, digitando com prazer para falar de um filme de 2005 do Cronenberg, que relutava ao assisti-lo é verdade, muito por conta do mais recente Senhores do Crime que assisti dele com uma pegada até parecida e que apesar de ser bom, não era o que eu esperava. Ai para “perder” uma hora e meia coloquei o Marcas da Violência, filme relativamente curto e que me surpreendeu muito positivamente, uma miscelânea da loucura de Cronenberg com toda aquela crueldade Tarantinesca. Ficou curioso? Confiram a “rezenha” crítica de Marcas da Violência.

Continuar lendo

Rezenha Crítica O Vendedor de Sonhos 2016

Este é um típico filme que não se pode analisar apenas o filme em si, mas a sua importância num todo para quem o assiste e a mensagem que tenta passar. Só quem passou por situações transcritas, tentativas de suicídio e a “fossa total” irá conseguir ver “além do muro” de uma maneira diferenciada, não que sejam melhores de quem não passou por tais situações, mas a forma de se receber a mensagem torna-se diferenciada. Confiram a “rezenha” crítica de O Vendedor de Sonhos.

Continuar lendo

Rezenha Crítica Gogol Bordello – Seekers and Finders 2017

Parece que foi ontem quando Jô Soares era o único Talk Show da TV aberta e  uma das bandas que fazia parte do programa daquela noite era o Gogol Bordello. Fiquei encantado com aquela miscelânea de etnias e a pegada de seu carro chefe chamada Wonderslast King, misturando um rock pesado com violino, alguns instrumentos folf e duas backing vocals, todos vestidos como ciganos. Aquilo tudo representava muito mais que uma banda e tornou-se trilha sonora de muitas festas no qual minha turma já fez. Agora com o lançamento de duas músicas do novo álbum a empolgação da adolescência veio à tona novamente. Confiram a “rezenha” crítica de Seekers and Finders, novo álbum do Gogol Bordello.

Continuar lendo

35ª Festa do Quitute em Jaboticabal

Gente desde que comecei o Blog tinha a intenção de vos apresentar uma das mais famosas festas do interior de São Paulo, mais precisamente da região onde eu moro. Nunca deu certo por algum motivo, ora por não estar com câmera, ora por estar com coluna travada, enfim, sempre algo que impossibilitava de registrar tais momentos. Desta vez não podia deixar de ir pelo menos um dia na 35ª Festa do Quitute e Expofeira de Arte e Artesanato que celebra os 189 anos de Jaboticabal e aconteceu entre os dias 11 e 16 de julho (Sempre a festa ocorre nesta época do ano por ser aniversário da cidade). Confiram como foi e se desperta vossa curiosidade, você nunca encontrará um cardápio tão variado e apetitoso (confiram no final da “rezenha”).

Continuar lendo

Rezenha Crítica Need for Speed 2014

Estava afim de ver o eterno Jesse Pinkman em um filme fora do mundo Breaking Bad, já que tivera a triste experiência de assistir Êxodo: Deuses e Reis no qual ele fazia uma ponta, e precisava apagar aquilo de minha mente, porquê era inconcebível termos uma pessoa chapada daquele jeito na Era A.C (Antes de Cristo) ksksksksksks (Yo Moisés!). Brincadeiras a parte já vou criar treta na introdução, jogando merda no ventilador e saindo correndo, onde infelizmente Need for Speed não teve o retorno desejado mesmo sendo melhor que a maioria dos filmes da franquia de Velozes e Furiosos. Confiram a “rezenha” crítica de Need for Speed – O Filme (Ridículo as distribuidoras brasileiras adicionarem este subtítulo).

Continuar lendo

Rezenha Crítica A Cabana 2017

Vencendo o preconceito e muito bem acompanhado fui conferir A Cabana, clássico literário transcrito para às telas do cinema e sinônimo de recente sucesso. Um daqueles filmes que muitos relutam em assistir, e que ao conferir podem surpreender-se como foi o meu caso. Lembra muito o clássico e oscarizado Amor Além da Vida (que já escrevi sobre aqui no Blog). Descubra o porquê nesta “rezenha” crítica de A Cabana.

Continuar lendo

Vamos “ajudar” a cidade com o AJUDE MATÃO

Com a facilidade de acesso e o uso constante das redes sociais, o que seria uma forma para aproximar as pessoas e facilitar o contato com empresas e órgãos públicos, nota-se um efeito reverso, onde um muro ideológico foi criado, afastando a população e   colocando em descrédito as instituições públicas. Com a intenção de reverter este cenário, para a cidade de Matão foi desenvolvido o aplicativo AJUDE MATÃO (Isso mesmo, desenvolvido por mim, autor deste blog hehe!). Confiram o funcionamento, como baixar e utilizá-lo.

Continuar lendo