Rezenha Crítica Homem Aranha: De Volta ao Lar 2017

E lá vamos nós para mais um filme de super herói, desta vez ver o aracnídeo homo sapiens, o primeiro filme em minha infância que fiquei PERPLECTO no cinema e que anos depois tive uma das maiores frustrações com a versão do playboy Andrew Garfield. Exaltações e decepções à parte confiram a “rezenha” crítica de Homem Aranha: De Volta ao Lar.

Neste novo filme do Aracnídeo dispensa-se apresentações e a origem de como tudo aquilo aconteceu com ele, o que é um ponto positivo, porquê desde 2001 já saturou o que fizeram com a franquia, ficar rebootando e recontando só afasta àqueles que gostam apenas dos filmes, porque num curto espaço de tempo estão vendo basicamente a mesma coisa, apenas com atores diferentes.

Sou defensor da trilogia Sam Raimi, foram um dos filmes que mais me impressionou no cinema, principalmente o segundo com o Doutor Octopus, e de todos os três (contando este que vos escrevo) foi o que chegou perto daquilo que todo mundo espera. Na verdade já começou bem com a nova “Tia May”, ali nos primeiros cinco minutos de filme já sabíamos que só viria coisa boa, e que TIA heim…

Tom Holland está perfeito no papel, melhor que todos que passaram pelo “collant vermelho”. O cara abraçou a ideia e conseguiu incorporar a essência de Peter Parker dos quadrinhos, sem melancolia, bastante ingenuidade e empolgação com tudo aquilo que está acontecendo com ele.

O elenco de apoio para sustentar a obra é de cair o queixo, começando pelo coadjuvante e suporte de Peter Parker, o “Iron Man” Robert Downey Jr., quando aparece como o mentor do Homem Aranha é hilário, será muito difícil acharem um substituto pra ele, acho mais fácil utilizarem da tecnologia e assim como fizeram com Kurt Russel em Guardiões da Galáxia 2 (Confira rezenha aqui) rejuvenescerem o “Iron Man”.

O vilão escolheram a dedo, Michael Keaton que apenas reciclou sua bagagem de Birdman para viver o Abutre, e muito bem. O cara consegue dar o peso necessário para um vilão de respeito, o que é um grande problema dos filmes da Marvel e DC, cagam na escalação do ator para um papel de peso. Muitas vezes o vilão pode ser bem bosta, mas se escalam um bom ator ele pode transformar em algo amedrontador, tudo depende de quem está dirigindo a porra toda!

O ambiente e desenvolvimento não tem o que se reclamar, fizeram algo bem juvenil sem apelar, algo escolar valorizando amizade e toda aquela “mágica” fase de nossa vida. Onde nos deparamos e enfrentamos as dúvidas do primeiro emprego, primeira paixão, amigos e tudo mais. Ficou bem adaptado pro filme, valorizando logicamente o elenco escalado que contribui, causando muitas risadas.

A única coisa que me incomodou é o Homem Aranha ter virado um filhote de Homem de Ferro com todos aqueles aparatos tecnológicos “By Stark Corporation”. Na minha cabeça seria inconcebível até então, mas de todo não é ruim, porque ganhamos vários momentos cômicos com a Inteligência Artificial Karen.

Por ser o primeiro filme de uma franquia em potencial com o ator Tom Holland superou todas expectativas, mesmo porquê eu não tinha nenhuma pois não tinha visto trailers e nenhum material promocional. Tem potencial para tornar-se algo grande, só espero do fundo do meu coração que façam algo épico com o Venom.

Minha nota é 3/5.

E você o que achou do filme? Conte-nos para saber sua experiência. O seu comentário é a alma do Blog.

Confiram os meus filmes favoritos!

Leiam mais rezenhas críticas!

Siga-nos no WordPress – https://rezenhando.wordpress.com/

Siga-nos no Twitter – https://twitter.com/Birovisky

Curta no Facebook – https://www.facebook.com/rezenhandoaculturapopaz/

Inscreva-se no Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCCfmjZm3KuEE-XsNhfBnqvQ

Anúncios

5 comentários sobre “Rezenha Crítica Homem Aranha: De Volta ao Lar 2017

  1. [CONTÉM SPOILERS]
    Eita, estava falando tão bem do filme e deu 3/5, gostaria de saber o que ficou faltando pra ter uma nota maior. Eu daria um 5/5 tranquilo como filme de super herói, somando aos pontos positivos, acho que quem fez o filme também gosta muito da triologia do Sam Raimi, tem duas referências que eu peguei que são nítidas, quando Asas do Abutre vem pro trás do Homem aranha, na morte do duende verde no primeiro filme, a cena do navio com a cena do trem no filme do octopus, e algo deu uma “coceira” na hora que ele ve o rosto dele numa poça d’água, mas não sei lembrar se é de algum filme.
    Sobre Hi-tech a primeira impressão do filme quando vê aquela tela interna do homem de ferro fiquei com uma certa repulsa, mas como recurso do filme achei essencial para a jornada do herói, ele como adolescente ansioso pra mostrar serviço, querendo pular etapas e se fudendo por causa disso.
    Gostei muito do ritmo do filme, foi engraçado ver voltando tudo a dar certo na vida dele dai o abutre abre a porta, o cinema inteiro reagiu com aquele suspiro de desespero.
    E depois de toda treta acabar ainda, acho que posso estar tremendamente enganado, não fui conferir é a revelação, só no final, de um dos coadjuvantes que ficou tirando os amiguinho o filme inteiro, “Michelle..” “mas meus amigos me chamam de MJ”, tipo sério é ela?! estava lá o filme inteiro é a Mary Jane?? ou estou enganado.
    Também espero um Venon épico, só espero que não seja emo!

    Curtido por 1 pessoa

    • Então, sobre a Michelle pelo que li só foi um easter egg mesmo mas que de nada tem haver com Mary Jane nem o nome, apenas homenagem. To para te falar que o NAcho do Better Call Saul que aparece no final conversando com o Abutre será o Carnificina, torço por isso. Venom pode esperar um pouco mais rs… Eu gostei bastante do filme, na verdade daria 3.5 mas como trabalho com números inteiros acabou indo pra baixo, dou isto pelo fato de ser fanboyzinho do Sam Raimi kkkkkkkk – Mas sem dúvidas, este foi o melhor dos aranhas do cinema, no sentido de caracterização e atuação. Mas pra mim o primeiro do Sam Raimi acaba ganhando deste, questão de gosto mesmo! Valeu pelo comentário amigo, adorei!

      Curtir

  2. E ai Calabrez? Então, gostei do filme e superou minhas expectativas. Ainda não tive tempo para escrever sobre ele, mas também me incomodou um pouco esse ar muito hi-tech. Mas como forma de inseri-lo neste meio com tantos personagens já criados, acabou sendo uma solução criativa.
    Até!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Felipe assisti hoje e até gostei, achei diferente dos outros por esse Peter ser realmente um adolescente na escola, mas senti falta de algumas coisas como ele fotografando, o tio Ben quase não é mencionado… Mas também acredito que tem potencial, Tom Holland deu a alma e está incrível!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s