Degustando a Boss Invicta

Agora que na minha cidade tem um bar onde são servidos diariamente um tipo diferente de cerveja artesanal, o blogueiro aqui faz a festa, voltou a beber entretanto não come mais arroz e nem feijão (resquícios da dieta paleolítica que algum dia “rezenho” melhor por aqui). A da vez foi a Boss Invicta, da cervejaria Ribeirão Pretana cervejaria Invicta. Confiram minhas impressões sobre esta deliciosa IPA.

Continuar lendo

Degustando a Witbier Lund

Há um tempo eu queria voltar a postar as minhas impressões e degustações das mais variadas cervejas que acabo deparando-me e experimentando por este Brasil brasileiro mais especificamente na rica região cervejeira que eu moro. Desde meu último post até o presente experimentei algumas (não com a mesma frequência que antigamente) mas infelizmente o tempo e o amplo conteúdo não me deixou escolha. Das mais gostosas fui anotando, e com o tempo irei postando, porque tem duas coisas neste blog que todo mundo gosta, Lanches Monstros e uma boa Cerveja Artesanal.

Continuar lendo

Coma igual uma Sucuri no Sucury Lanches

Voltando para a categoria mais gostosa de escrever (e de comer!) vou falar de mais um local atemporal que encontra-se em Taquaritinga, cidade onde reserva excelentes lanchonetes “lado B”, que te impedem de comer um lanche inteiro devido ao seu tamanho (e bota tamanho nisso) e preço condizente. Desta vez fomos ao Sucury Lanches, um lugar que há tempos estava prometendo ir e que nunca dava certo, neste fim de semana finalmente tive o privilégio de degustar um colossal lanche (notem a sensualidade do Bacon desprendendo-se do restante na foto, como se estivesse querendo posar para a capa).

Continuar lendo

Fui ao céu e voltei. O Coxilha dos Pampas é o paraíso na Terra

Se você é vegano ou um entusiasta do movimento, já pode parar por aqui, lá definitivamente não é o seu lugar (muito menos este post!), porquê ao contrário de mim, você achará que está no inferno. Agora aos que gostam de comer um bom churrasco saibam que o Coxilha dos Pampas honra aquela tradição gaúcha tchê! Mas báh? Se você nunca foi e tem curiosidade de saber como é o esquema lá confira este post. Não veja com fome!

Continuar lendo

Boa música, boa comida e boa companhia, Segundo Turno é o caminho!

Parece impossível conciliar tudo isso em um só local né? Ao mesmo tempo que traçamos estes adjetivos ao Segundo Turno fica impossível não soar como pleonasmo, uma vez que um bar onde respira-se Rock N’ Roll, com a melhor porção de “pancetta” empanada do mundo e sempre que vamos até lá, temos a certeza de reencontrar amigos queridos, fica difícil pelo menos uma vez na semana não irmos até lá curtir estes momentos da vida.

Continuar lendo

Caião Big Burguer conseguiu superar a lenda

Janela Lanches tornou-se uma lenda viva nas nostálgicas lembranças do matonense. Várias vezes enforcando aula para ir lá comer um lanche com os amigos de escola ou de fim de semana mesmo com familiares. Mas quando falamos do lanche não é apenas efeito da nostalgia, eram estupidamente imensos e saborosos aqueles monstros. Parecia impossível após o fechar das portas que alguém pegasse o ponto e conseguisse unir estas duas características (Um lanche gigante e saboroso) novamente, eis que depois de várias tentativas, um conseguiu, Caião Big Burguer, não só alcançou o mesmo patamar trazendo à tona aquela nostalgia para o presente como superou a qualidade e a quantidade por um preço justo!

Continuar lendo

Lobão Lanches, impossível comer um só

lobao lanches taquaritinga

Em mais uma daquelas andanças despretensiosas por Taquaritinga, há algum tempo atrás por acaso deparei-me com o Lobão Lanches (Ainda era um trailer, mas em pouco tempo conquistou o seu estabelecimento, uma lanchonete propriamente dita) e pelo cheirão de Bacon e Patê de Alho de outrora fiquei com aquilo na cabeça, que precisava ir lá, e não descansaria enquanto não fosse (Nem minhas lombrigas). E nesta calorenta semana de Fevereiro fui, afinal fazia bastante tempo que não falava mais sobre os lanches underground por aqui, e o que pessoal gosta é de comida, gordisse… então TIMBORA!

Continuar lendo

Esse refri Pic Nic com um salgado é uma perdição

Imagina você naquele típico sabadão de manhã, onde você vai dar um rolêzinho no centro da sua cidade à procura de algo para comprar que nem você ainda sabe o quê, debaixo de um sol senegalês e com a cuca quente depois de horas a fio, perto da meio dia bate aquela fome, qual é a regra? Comer aquele salgado danadão e tomar algo estupidamente gelado.

Continuar lendo

Como não ser enganado ao comprar um produto “Saudável”

ordem dos ingredientes

A alternância de assuntos aqui é constante, e hoje achei oportuno falar sobre algo que já aconteceu comigo e provavelmente com você. Quem nunca comprou algo para comer ou beber julgando pelo rótulo ser saudável, mas na verdade é algo ainda mais nocivo que outros produtos? Me senti enganado, mas foi por culpa minha mesmo por desconhecer as artimanhas na busca pelo produto ideal. Confira como identificar o que é algo saudável ou não.

Continuar lendo

Do Bem e suas “bebidas de verdade”

do bem logo

Não é novidade para ninguém que há tempos somos enganados por empresas de suco de caixinha quanto aos benefícios que os mesmos nos fazem. Onde 1 litro corresponde a um copo americano de açúcar. Estava evitando ao máximo este tipo de suco e refrigerantes, até que comecei me deparar com esta tal de sucos da marca Do Bem, onde prometem que são 100% integrais ou sem açucares e conservantes. Lógico que isso despertou minha curiosidade e a sua?

Continuar lendo

O maior Prensado que já comi

prensadao lanches taquaritinga

Já fazia um tempo que eu queria fazer uma reZenha sobre este lanche do Prensadão Lanches que fica em Taquaritinga, mas como nunca estava preparado fisicamente para ir comê-lo, precisei me preparar, afinal ninguém acredita que meio lanche dele já sacia a fome, mesmo para uma pessoa como eu que fiquei de jejum o dia todo ksks… Confira esta preciosidade em forma de lanche e se sobrevivi.

Continuar lendo

Alguém já bebeu esta iguaria do Jack Daniels Honey?

jack daniels honey

Já faz quase um ano que montamos este banquete na casa de um amigo, era meu aniversário, e o presente foi algo propício, enxugar uma garrafa de Jack Daniels Honey, com o seu devido e respeitoso acompanhamento. De lá para cá tive outras oportunidades de beber mais e mais esta iguaria, mas o tempo passou e havia esquecido de rezenhar sobre, e revendo algumas fotos lembrei dessa “mancada”. Alguém aqui já bebeu?

Continuar lendo

Heineken e a [falta de] criatividade em comerciais de cerveja

wallpaper heineken

Latinha na mão, corpos bronzeados e mulheres seminuas sendo exploradas unicamente em sua sexualidade supostamente sempre latente. Sim, estamos falando dos famigerados comerciais de cerveja nacionais. Com uma antiga fórmula de “sucesso”, parece que as agências publicitárias não conseguem desfazer esse laço que obrigatoriamente precisa conectar a bebida e sua convivência social com esse esse estereótipo machista e absurdamente fora da realidade. OK! Agora vamos falar de cerveja, cerveja de verdade, já que as produzidas em terras tupiniquins deixam muito a desejar também no gosto (a ponto de já terem sido questionadas se são, de fato, cervejas).

Continuar lendo

Festa da Aparecidinha de Monte Alto, uma festividade que deveria ser nacionalmente conhecida

festa-da-aparecidinha-de-monte-alto

Pela segunda vez consecutiva fui prestigiar a festa do distrito de Monte Alto, como ano passado ainda não postava sobre os eventos da região guardei os registros do ano passado e mesclei com os deste (Então não se assustem com dois trajes diferentes). Confiram as belas fotos tiradas do Santuário da Virgem Montesina, é literalmente uma paisagem europeia com uma obra arquitetônica divina, além de outros detalhes mais alternativos que rolam por lá.

Continuar lendo

E o maior lanche de Matão é no Hermes

hermes-lanches-matao

Sou um cliente das antigas, desde que ainda era do lado da igreja do Bairro Alto onde hoje é uma pizzaria, e depois passou para outro quarteirão no mesmo bairro até estar aonde atualmente a lanchonete encontra-se (Perto do posto do Benassi). 90% do cardápio já comi, inclusive os saudosos (Não sei porque não fazem mais sob encomendas) X Tudões que eram do tamanho de pizza e em 6 pessoas não dava conta de terminar o lanche, afinal eram verdadeiros monstros. Depois de uma sessão do lançamento Star Trek: Sem Fronteiras, bateu aquela larika, e como fazia tempo que não ia lá, foi o local certo para matar o que estava me matando.

Continuar lendo