Rezenha Crítica Em Águas Profundas de David Lynch

David Lynch Em Aguas Profundas

Desde o ano passado tenho mergulhado nestas águas profundas Lynchinianas com suas obras cinematográficas mas quando soube deste livro, lançado em 2008, não pensei duas vezes e o comprei, muito em razão de ser uma auto biografia e possuir alguns comentários de Lynch sobre um tema que espero aprofundar-me um dia, a Meditação Transcendental, além da influência e como alcançar a criatividade profunda no que tange nossos projetos de vida. Muitas curiosidades sobre sua vida e carreira também podem ser conferidas. Confiram a “rezenha” crítica de Em Águas Profundas.

Continuar lendo

Rezenha Crítica Império dos Sonhos 2006

Wallpaper Inland Empire

Aquele filme arrebatador, quando você vai assistir pensando ser apenas um drama com mistério bem ao estilo Cidade dos Sonhos (confiram “rezenha” aqui) e se depara com um dos mais bizarros, alucinantes e melhores terror mesclado a suspense que você poderia assistir na sua vida de merda. Confiram a “rezenha” crítica de Império dos Sonhos, se possível assista Chapado!

Continuar lendo

Rezenha Crítica O Homem Elefante 1980

Wallpaper O Homem Elefante

Um dos filmes mais lindos, sensíveis e triste que já foram feitos e que tive o privilégio de assistir, coitado daquele que dorme em filmes como esse e sai por aí criticando. David Lynch + Anthony Hopkins + John  Hurt destroem em suas respectivas direção e atuações resultando em uma obra prima do cinema, ainda por cima gravado em preto e branco, deixando tudo artisticamente ainda mais perfeito. Confiram a “rezenha” crítica de O Homem Elefante.

Continuar lendo

Twin Peaks, a série mais paradoxal que já assisti!

Lembro quando Black Mirror ainda era parte discreta do catálogo do Netflix quando conferi suas 2 temporadas e ninguém dava bola até sair sua terceira temporada. Pois bem, não aconteceu exatamente a mesma coisa, mas já havia conferido alguns episódios da primeira temporada de Twin Peaks, longínqua e cultuada série que foi transmitida nas televisões mundiais no início dos anos 90, e acreditem eu havia curtido muito, mas infelizmente acabei abandonando nem lembro por qual motivo. Eis que é lançado esta nova temporada, praticamente 25 anos depois, com quase todo o elenco original, e com direção integral de David Lynch (mente por trás deste universo), e posso cravar sem medo algum que em breve será considerada uma das melhores séries criadas dos últimos tempos, isso porque a temporada nem acabou ainda. Confiram a “rezenha” crítica de Twin Peaks tomando um bom CAFÉ com um delicioso pedaço de TORTA DE CEREJA, a série mais paradoxal que você irá assistir na vida, seja as antigas temporadas ou esta nova!

Continuar lendo