Quando a Expectativa tromba na triste Realidade

Um mal silencioso este (tão quanto a depressão, ou atrelada a ela), porque construímos nossos castelos muitas vezes em conjunto com alguém (ou simplesmente planejamos isso) e do nada desmorona sem um presságio. Em muitos casos temos um projeto e nada sai da forma como simplesmente planejamos, sim isso é a realidade batendo em nossa porta, sussurrando em nosso ouvido, sonhamos e tentamos transformar o sonho em realidade, entretanto muitas vezes o sonho transforma-se em pesadelo, nos tornando pessoas frustradas, tristes… sem vontade para fazer mais nada.

Existe um abismo que separam estas duas palavras e não apenas em seu significado, transformar uma expectativa em realidade vai muito além do seu esforço pessoal, é necessário compreensão alheia e um pouco de sorte também, seja em um novo relacionamento, no profissional com algum projeto novo com a família ou com nossas amizades.

Se criarmos muita expectativa de algo a tendência mais lógica é decepcionar-se mais cedo, mas aí me vêm um pensamento e que vai de encontro a uma frase do filme Amelie Poulain: – “São tempos difíceis para os sonhadores” – E realmente, se toda vez não nos permitirmos a criar expectativas e sonhar seremos para sempre infelizes e as pessoas a nossa volta também deveriam praticar esta metodologia sem medo. Você mantendo seus pés no chão e não permitindo-se ser feliz pode afetar inclusive quem está ao seu lado querendo ser feliz com você. A vida foi feita para ser vivida, seja ela sozinho ou acompanhado, e se estivermos acompanhado é para que possa ser vivida sem medo!

Este é um defeito (ou qualidade?) do blogueiro, onde ultimamente tem sido queimado pela ansiedade e expectativa, este ano na verdade tem se resumido a isso, péssimas noites de sono, emagrecimento e ansiedade ao extremo, suando frio a noite. Quando nossa expectativa começa a ser derrotada pela realidade, nossa mente vai sendo envenenada por nós mesmos e quando nos damos conta já estamos chafurdados na merda.

Não é fácil conseguir dosar esta passagem da vida, onde realizamos escolas que em muitos casos nos arrependeremos pelo resto da vida. Assim como o filme Mr. Nobody cita a vida seria muito melhor se não tomássemos nenhuma decisão, isso porquê quando não tomamos uma decisão tudo torna-se possível, melhor ainda se conseguíssemos visualizar qual seria nosso destino com o qual cada uma de nossas escolhas.

É uma pena. Refletindo imagino que tenho e temos que aprender a contar a dez mais vezes, e tentar de alguma forma nos adaptarmos a essa realidade, nua, crua e fria. É difícil? Sim, ninguém falou que seria fácil e cá estamos.

Siga-nos no WordPress – https://rezenhando.wordpress.com/
Siga-nos no Twitter – https://twitter.com/Birovisky
Curta no Facebook – https://www.facebook.com/rezenhandoaculturapopaz/
Inscreva-se no Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCCfmjZm3KuEE-XsNhfBnqvQ

9 comentários sobre “Quando a Expectativa tromba na triste Realidade

  1. Belas palavras.As frustrações são como uma ferrugem que nos deixa amargurados, e nos faz perder noites de sono, com medo da próxima decepção. Estou lendo um livro, The Depths, o melhor que já li sobre depressão. O autor, o psicólogo americano Jonathan Rottenberg, identifica no sentimento de desesperança, nutrido muitas vezes por objetivos inalcançáveis que o sujeito mantém, como um dos fenômenos por trás da depressão. Uma hora o sujeito entra em colapso: Colocar-se metas demais, e vê-las falharem, leva-o fatalmente a desistir de tudo, se fechar para o mundo e não desejar mais nada. Um sentimento próximo ao luto. E é difícil sair da fossa depois, já passei por isto também. Ele acusa a cultura da autoajuda de ter colaborado com o aumento dos casos de depressão nos últimos anos. Ela criou praticamente uma “obrigação de ser feliz”, um ideal irreal de felicidade (que nunca é plena como as pessoas sonham, mas sempre momentos breves de satisfação) e, paradoxalmente, a ansiedade das pessoas em chegarem nesta tal de “felicidade” as fez mais deprimidas. Melhor ir um passo de cada vez, aproveitando cada momento da melhor forma possível.

    Curtido por 1 pessoa

    • Sábias palavras as duas, anotei esta referência e vou procurar, na verdade no fim do ano vou comprar alguns livros e este, estará no carrinho. Eu entrei nessa por isso, penso e desenvolvo muitos objetivos e não os cumpro isso me fez entrar em colapso e estava, agora melhorei, porque corrigi uma das maiores cagadas que cometi na vida!

      Curtir

  2. Acredito que crescemos com as expectativas de sonhar, quando se tornam a realidade que queremos é um ponto positivo e quando a expectativa se torna em uma realidade que não queremos são dois pontos positivos. Pois criamos novas expectativas com novas estratégias para atingir o que queremos. Bem um jogo de xadrez.kkkkkkk

    Curtido por 1 pessoa

  3. Felipe, em minha já longa passagem por esses campos chamado Terra, a palavra que mais ouvi foi não. fiquei triste, decepcionado, etc. sim, e muito mais na bagagem, por sinal. por outro lado, a transição da minha vida da infância à vida adulta foi em uma ditadura. aprendi a não criar nenhuma expectativa, e sim sempre tentar. na faculdade de jornalismo, o mesmo aprendizado, tentar. é difícil, complicado, por vezes sem esperança. sim. mas, é esse tentar para saber se vai dar certo é que me impulsiona à vida. enfim, filosofando sobre um pedaço do que vivi. grande abraço, meu amigo.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s