UVB-76, a Radio Russa Fantasma

Você já ouviu falar na UVB-76? E as rádios que são transmitidas por ondas curtas? Nunca ouviu falar sobre nenhum destes dois assuntos? Então você precisa ler esta rezenha, é essencial, para seu próprio bem.

O cidadão de bem (vulgo normal) normalmente desconhece o que é ondas curtas, pois a massa tem acesso apenas às ondas atribuídas as frequências AM e FM, respectivamente ondas médias e longas. A diferença está na propagação e distância, ora FM tem âmbito regional, AM consegue propagar-se por uma distância considerável, muitas vezes por um país todo e as rádios de ondas curtas propagam-se pelo MUNDO TODO, ou seja, se você for um aficionado por rádios e ter paciência, conseguirá captar rádios russas, chinesas entre outras curiosas. A quem diga que se houver uma Terceira Guerra Mundial, serão as únicas que sobreviverão devido a sua propagação e distância (assim como nos filmes), e é aí que entra a famosa rádio UVB-76 e sua lenda de ser fantasma.

Antes de saber a história dissecada e sem enrolação, acesse o site para ouvi-la em tempo real: http://websdr.ewi.utwente.nl:8901/

A UVB-76 (também conhecida como MDZhB) é uma estação de rádio de ondas curtas, que transmite na frequência 4.625 kHz. Ela ficou conhecida entre os ouvintes de rádio como The Buzzer. Isso porque ela possui um pequeno e monótono sinal, repetindo-se a uma taxa aproximada de 25 tons por minuto, durante 24 horas por dia.

A estação tem sido observada desde 1982, e em raras ocasiões, o sinal de alarme é interrompido e uma transmissão de voz em russo ocorre .  No entanto, o que se diz é algo que deixa tudo mais absurdamente misterioso.

Ninguém sabe o que as mensagens em russo querem dizer, nem porque ela emite apitos e números há tantos anos, desde o tempo da União Soviética. Claro que com o tempo, mais e mais pessoas se viram obcecados em desvendar o mistério dessa radio russa de onda curtas. Existe muita especulação sobre a natureza e razão de existir da rádio, mas, no entanto, o verdadeiro objetivo desta estação ainda é desconhecido.

A estação UVB-76 transmite um som vibrante, que dura 0,8 segundo, pausando por 1-1,3 segundos, e repetindo-se 21-34 vezes por minuto. Um minuto antes de cada hora, o tom de repetição é substituído por um tom contínuo, que continua por um minuto até que o tom de repetição volte a tocar. Sabe-se que entre as 07:00 e 07:50 GMT, a estação transmite com baixo consumo de energia. Provavelmente  é quando a manutenção do transmissor ocorre. O som gerado pela estação, lembra um chiado igual ao de rádio acompanhado de um rápido barulho de um navio.

Se é tão misteriosa, por que ninguém vai lá e vê o que tem?

Pois é, meu amigo. Teve gente que foi!

A busca pela UVB-76 dá um filme. Muita gente já vasculhou a Russia em busca do lugar de onde se origina o sinal.

Após o período de duas décadas onde os ouvintes de ondas curtas apenas acompanhavam a radio, começaram a aparecer os fanzines, os primeiros grupos de trocas de informações sobre a radio. Quando a internet surgiu com força total e sua característica aglutinante de pessoas do mundo todo em torno de temas comuns, a UVB-76 ganhou destaque. Surgiram vários grupos dedicados a estudar o intrigante mistério.

Após um longo tempo de pesquisa, alguns grupos de investigação amadora da UVB-76 descobriram que o sinal estavam emanando de  um gorodok voyenni(pequena cidade militar) perto da aldeia de Povarovo (fala-se povarôvo) e, muito raramente, talvez uma vez a cada poucas semanas, a monotonia era quebrada por uma voz masculina recitando breves sequências de números e palavras, muitas vezes sequências de nomes russos: “Anna, Nikolai, Ivan, Tatyana, Roman…”

Parte do misterio da estação UVB-76 é que ela ainda existe. Nenhuma das grandes mudanças que marcaram a Rússia na última década,  desde a Guerra Fria,  as duas primeiras décadas do pós-guerra fria, a era  Gorbachev, a Perestroika , o fim da guerra no Afeganistão, a implosão soviética, o período Boris Yeltsin, o bombardeio do parlamento, a primeira guerra da Chechênia, os oligarcas, a crise financeira, a segunda guerra da Chechênia, a ascensão do Puttinismo… Tudo isso passou, o país sofreu profundas transforações em diversos níveis, mas  a  UVB-76 permaneceu uma perturbadora constante, sem maiores alterações, para espanto do insondável grupo de entusiastas de rádios de ondas curtas, que sintonizaram e vem documentando quase todos os sinais que são transmitidos. Embora a campainha (como eles apelidaram) sempre foi uma incógnita, foi também uma constante reconfortante, zumbindo com um obscuro, metrônomo através das décadas.

Foi assim até o fatídico dia  5 de junho de 2010, quando subitamente, o zumbido cessou. Não houve informes, nem explicações. Só o silêncio.

No dia seguinte, a transmissão voltou como se nada tivesse acontecido. Ao longo dos meses de junho e julho, a  rádio UVB-76 se comportou mais ou menos como sempre. Houve algumas perturbações-incluindo breves fragmentos de que soava como código Morse, mas nada dramático. Em meados de agosto, o zumbido parou novamente. Ele voltou, parou de novo, e então recomeçou.

Em seguida, no dia 25 de agosto, às 10:13, a UVB-76 parecia bichada. Primeiro houve silêncio, depois de uma série de golpes e ruídos estranhos, que espantou os ouvintes, pois o som vinha de uma sala. Só então eles perceberam que a campainha não era um som automático transmitido, mas um dispositivo que gerava o ruído “ao vivo” numa sala de transmissão. E nesse dia era como se alguém estivesse naquela sala.

Muitos acharam que o mistério estava prestes a se revelar. Quem seria o misterioso operador da radio russa?

Mas não foi o que aconteceu. Na primeira semana de setembro, a transmissão foi interrompida com freqüência, geralmente com o que parecia ser trechos gravados da “Dança dos Pequenos Cisnes” da peça musical de  Tchaikovsky “O lago dos cisnes”.

Na noite de 7 de setembro, algo mais dramático:  Às 08:48, horário de Moscou, uma voz masculina emitido um novo sinal disse:

-“Mikhail Dmitri Zhenya Boris”

Isso pareceu indicar que agora a estação estava mudando de nome para MDZhB. Isto foi seguido por uma sequencia de mensagens nebulosas típicas da UVB-76:

– “04 DRENDOUT 979”-  seguido por um período de  séries de números, e então – “TRENERSKIY” e ainda mais números.

Conforme o tempo passa, o mistério só aumenta. E entre os diversos mistérios envolvidos nessa radio, um dos que eu acho talvez o maior é: por que? As pessoas se concentram no “pra que?” mas o “por que” também não se explica. Se são mensagens cifradas, qual a razão de usar um método tão arcaico quanto ondas curtas, que viajam pela ionosfera e precisam de quantidades BRUTAIS de energia? Fica caríssimo manter isso, ainda mais por mais de três décadas! Uma transmissão via satélite militar geoestacionário seria mais barata e mais fácil.

Cerca de 30 anos atrás, diz-se, os soviéticos construíram uma estação de rádio de ondas curtas, perto Povarovo, um lugarejo que fica a 40 minutos de carro segundo para o noroeste de Moscou. Na época, Leonid Brezhnev ainda estava vivo, o Kremlin presidia um império intercontinental, e as tropas soviéticas estavam lutando contra o mujahideen. Após o colapso da União Soviética em 1991, foi revelado que toda Povarovo era controlada pelos militares, e que tudo o que acontecia lá era top-secret.

O fato de ser top secret talvez explique porque até hoje o governo se nega a reconhecer a existência da Radio e afirma que “não tem nada a ver com essa transmissão”.

Expedição ao bunker

As fotos abaixo são da “expedição” ao bunker realizada por dois grupos anônimos de investigadores amadores. Veja como o lugar foi rapidamente detonado antes da mudança às pressas dali para o novo lugar desconhecido. Note o risco de vida FERRADO desses doidos ao entrarem no lugar escuro, cheio de cabos de alta tensão e inundado em muitas partes!

UVB-76 - A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

UVB-76 - A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

UVB-76 - A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

UVB-76 - A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

UVB-76 - A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

v

UVB-76 - A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

UVB-76 - A verdade sobre a misteriosa rádio russa que só transmite números

Se você acredita nas teorias que tentam explicar a radio misteriosa ou não, pouco importa. O fato é que a radio ainda está no ar, enchendo a ionosfera com seu mistério permanente, transmitindo para o mundo seus segredos ocultos e inacessíveis.  Não há como negar a emoção que vem com a audição das mensagens da UVB-76 e suas vozes distorcidas, que podem surgir quando você menos espera.

Riqueza de detalhes graças a fonte.

Siga-nos no WordPress – https://rezenhando.wordpress.com/
Siga-nos no Twitter – https://twitter.com/Birovisky
Curta no Facebook – https://www.facebook.com/rezenhandoaculturapopaz/
Inscreva-se no Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCCfmjZm3KuEE-XsNhfBnqvQ

Anúncios

16 comentários sobre “UVB-76, a Radio Russa Fantasma

  1. Cara que matéria sensacional! Não entendo nada teórico sobre radio e ondas mas lembro que nos anos 80, uma vez consegui pegar umas radios em um idioma q eu n entendia, sei que n era ingles nem uma de matriz latina, mas n sei se era russa…. Depois vou acessar esse link, obrigado!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s