Rezenha Crítica O Plano Perfeito 2006

Tá aí um tema que sempre me instigou, filmes com assalto a banco. Quando me surpreendem a forma como arquitetam o plano, independente se dá certo ou não, ou se isso é correto ou não é muito da hora. E o Plano Perfeito estava há tempos na minha lista, sempre ignorado e deixado de lado para ser assistido, eis que um dia em ócio absoluto decidi pegar para assisti-lo e finalmente um filme que transcorre pelo gênero me tirou aquele azedo e péssima lembrança de Fogo contra Fogo. Confiram a rezenha crítica de O Plano Perfeito.

Filme bom já começa com uma música boa e pegajosa, nesse caso uma indiana chamada Chaiyya Chaiyya (Nome completo não consegui encontrar). Musicão! Vai tocando e imergindo-nos no ambiente do filme e no que está para rolar em alguns minutos, um épico assalto a banco.

Um elenco de respeito, eu particularmente não gosto dos trabalhos do Denzel mas sou coerente em afirmar que é um excelente ator, e neste filme propositalmente interpreta um policial canastrão que está em uma situação complicada profissionalmente sendo acusado de ter roubado uma certa quantia de dinheiro de uma investigação.

Clive Owen no papel de antagonista, o maestro de todo o plano de assalto está também muito bom (Se nunca assistiram, assistam filhos da esperança, do mesmo ano com ele, é perfeito, eu conheci ele por causa deste filme, onde ele mata a cobra e mostra o pau!) demonstrando que seu personagem, Danton Russel, não quer apenas ser milionário, que ele tem outros objetivos com este assalto. E estas justificativas que tornam o filme fantástico ao meu ver.

Toda a sequência de como os bandidos adentram ao banco e executam o plano é surpreendente ao ponto de a polícia não saber quem são os reais bandidos. Vale a pena conferir, você fica boquiaberto, isso porque ficam dentro do prédio mais de 24 horas cercados pela polícia e ainda sim a polícia não consegue encontrá-los, não posso falar mais para não estragar. Só saiba que é diferente de estar preso num lugar e estar aprisionado! Foda demais ksksksksks!

O longa vai além da disputa entre mocinhos e bandidos, fugindo de alguns clichês de filmes de assalto a banco. Em O Plano Perfeito, os verdadeiros vilões são as pessoas que detém maior poder e capital financeiro, destacando que suas fortunas são construídas às vezes de maneira completamente antiética, como diz Russell em determinado momento “Respeito é a moeda de maior valor. Roubei de homem que trocou o seu por alguns dólares”.

Existe uma disputa entre gato e rato o filme todo, onde sempre um está a frente do outro mesmo quando imaginamos que não há mais saída para um deles. Uma pena ter uma duração tão grande, mas acredito que isso torna-se secundário e conforme a história desenvolve-se após os primeiros 20 minutos o tempo é esquecido em virtude do entretenimento que o filme te imerge.

Minha nota é 4/5.

E você o que achou do filme? Conte-nos para saber sua experiência. O seu comentário é a alma do Blog.

Confiram os meus filmes favoritos!

Leiam mais rezenhas críticas!

Siga-nos no WordPress – https://rezenhando.wordpress.com/
Siga-nos no Twitter – https://twitter.com/Birovisky
Curta no Facebook – https://www.facebook.com/rezenhandoaculturapopaz/
Inscreva-se no Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCCfmjZm3KuEE-XsNhfBnqvQ

Anúncios

4 comentários sobre “Rezenha Crítica O Plano Perfeito 2006

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s