Rezenha Crítica Marcas da Violência 2005 de Cronenberg

Depois de um longo tempo sem assistir nada de um dos meus diretores favoritos eis que aqui estou novamente deleitando-se sobre as teclas do computador, digitando com prazer para falar de um filme de 2005 do Cronenberg, que relutava ao assisti-lo é verdade, muito por conta do mais recente Senhores do Crime que assisti dele com uma pegada até parecida e que apesar de ser bom, não era o que eu esperava. Ai para “perder” uma hora e meia coloquei o Marcas da Violência, filme relativamente curto e que me surpreendeu muito positivamente, uma miscelânea da loucura de Cronenberg com toda aquela crueldade Tarantinesca. Ficou curioso? Confiram a “rezenha” crítica de Marcas da Violência.

Imagine um pai de família chamado Tom Stall (Viggo Mortensen ou simplesmente Capitão Fantástico) levando uma vida tranquila e feliz na pacata cidade de Millbrook, no estado de Indiana, onde mora com sua esposa Edie (Maria Bello) e seus dois filhos. Um dia esta rotina de calmaria é interrompida quando Tom consegue impedir um assalto em seu restaurante antecipando e conseguindo salvar clientes e funcionários, e em legítima defesa, matando dois criminosos. Logicamente que é considerado um herói e sua vida inteiramente transformada a partir de então. A mídia passa a segui-lo, o que o obriga a falar com a imprensa regularmente e faz com que ele deseje que sua vida retorne à calmaria anterior. Surge então em sua vida Carl Fogarty (Ed Harris), um misterioso homem que acredita que Tom lhe fez mal em um passado distante.

Como já adiantei a obra possui 90 minutos bem rodados, onde nos é apresentado esta intrigante história que nos faz ficar perdido entre mentiras e verdades, sobre quem está sendo o sóbrio ou o paranoico fazendo você imergir gradativamente (e de cara!) neste ambiente do crime, inclusive o tão falado De Volta ao Jogo bebeu desta fonte ao inspirar a lenda John Wick com o personagem Tom Stall (Ou seria Joey Cusack?).

Começa uma perseguição psicológica de bandidos de extensa e valiosa ficha criminal por Tom Stall fazendo um terror a si e aos seus familiares, mas o filme não é só isso. O arco de seu filho é sensacional, trazendo um garoto fraco e sempre “zoado” na escola e que de acordo com os feitos do pai o “menino” vai desenvolvendo-se também no seu ritmo. Clichê né? Não na mão de Cronenberg que cria uma ligação forte entre os dois e um atrito incalculável com uma PUTA lição de moral no final das contas.

Você sabe que este filme tem o selo Cronenberg quando sua mulher Edie envolta ao asco por seu marido começa a brigar com Tom e na escada da casa fazem um sexo nervoso, ali se você não está curtindo o filme levanta e fica empolgado. NO começo do filme rola um sexo da hora, mas este é especial porque é pós a famosa D.R. (Discussão de Relacionamento) ksksksksksks.

O elenco está todo afinado, principalmente os ditos vilões, causam aquela tensão intrigante e receio das pessoas da pequena cidade e de nós, telespectadores, muito bom. Além da violência tarantinesca e crua, que faz o amante de cinema “xonar”.

Marcas da Violência é o melhor exemplo de um filme relativamente simples com um roteiro bem encaixado e excelente direção, prendendo o telespectador até o último segundo.

Minha nota é 3/5.

E você o que achou do filme? Conte-nos para saber sua experiência. O seu comentário é a alma do Blog.

Confiram os meus filmes favoritos!

Leiam mais rezenhas críticas!

Siga-nos no WordPress – https://rezenhando.wordpress.com/

Siga-nos no Twitter – https://twitter.com/Birovisky

Curta no Facebook – https://www.facebook.com/rezenhandoaculturapopaz/

Inscreva-se no Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCCfmjZm3KuEE-XsNhfBnqvQ

2 comentários sobre “Rezenha Crítica Marcas da Violência 2005 de Cronenberg

Deixe uma resposta para Felipe Calabrez Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s